Eixo para Carretinha Reboque à Venda. Importado da Alemanha

Eixo de Torção para carretinha: porque usá-lo

O tipo de eixo para carretinha é o chamado eixo de torção. Ao contrário do que muita gente pensa, estes não são duros e sim macios. Há inclusive, em eixo para reboque, importado da alemanha, uma tecnologia de suspensão na parte interior deste que é baseada em borracha.

Eixos de torção possibilitam uma direção mais aprasível por serem destacados um do outro, ou seja, cada lado do eixo comporta-se de acordo com o piso em que está sendo conduzido. Deste modo, o efeito de um lado não é passado ao outro como nos eixos tradicionais, que utilizam mola espiral ou feixe de molas, o que tem sido ofertado em muitas empresas. Isso, na verdade, representa apenas uma adaptação para reboques, mas que, na realidade, não é desenhado e nem projetado para reboques; é uma “adaptação”. Temos eixos para carretinha para diversas capacidade de peso. Converse com uma de nossas atendentes e informe-se mais sobre valores.

Eixos de Torção para Reboque com Freio. 850 a 1800 kg

Eixos de torção com freio para reboque – 1050 kg

Funcionamento do eixo para carretinha

Os alemães são conhecidos como exímio engenheiros. Então porque não confiar a segurança da sua carretinha nas mãos dos mais respeitados fabricantes de peças de reboque do mundo?

Confira no vídeo ao lado o sistema de suspensão interior do nosso eixo para reboque, diretamente importado da alemanha. Caso compre maiores quantidade oferecemos desconto e melhores prazos de pagamento. Confira!

Utilize peças para carretinha homologadas

Há órgãos internacionais superiores ao INMETRO. Dentre esses, está a ILAC, a qual o INMETRO é subordinado e reconhece parâmetros de peças de outros países que também fazem parte do grupo, que representa uma grande acordo de normas de qualidade a serem seguidas para um bom funcionamento do produto final.

A ILAC é a cooperação internacional que reúne organismos de acreditação de laboratórios de todo o mundo. O Inmetro é membro da ILAC desde a sua criação, participando inclusive de seu Comitê Executivo.

Em dois de novembro de do ano doi mil, na cidade de Washington D.C., em meio a Conferência ILAC 2000, um tratado foi assinado por trinta e quatro organismos de acreditação de laboratórios de 26 economias dos 5 continentes, incluindo o Inmetro, único representante da América Latina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *